Conheça neste artigo as diferenças de juros entre o crédito rotativo e o cheque especial. Qual possui a menor taxa de juros?

Diversas pessoas acabam passando por uma dificuldade financeira e por muitas vezes essa situação é de uma hora pra outra.

Porém nesses momentos que precisamos estar atento para acabar não criando uma divida maior ainda, no entanto, ninguém está com o dinheiro sobrando para ficar desperdiçando com juros altos.

Sendo assim qual a melhor opção em casos de um imprevisto: utilizar o rotativo do cartão de crédito ou utilizar o cheque especial?

Entenda neste artigo qual opção entre essas é a melhor e da mesma forma qual permiti você pagar um juros menor.

Antes de tudo confira as taxas de juros entre ambas as modalidades, esse é um dos primeiros e mais importantes pontos.

Saiba que no ultimo ano, houve algumas mudanças que acabaram impactando diretamente na sua decisão e com certeza essas diferenças devem ser levadas em conta.

Conheça neste artigo as diferenças de juros entre o crédito rotativo e o cheque especial. Qual possui a menor taxa de juros?

Entenda que muita coisa que aprendeu no passado não tem muito ligação com as mudanças atuais.

Utilizar o cheque especial ou o rotativo do cartão de crédito?

Portanto vamos entender em números. Em primeiro lugar é importante lembrar que ambos os serviços possuem uma taxa de juros muito alta.

Entenda que há alternativas no mercado financeiro de algumas outras modalidades que possuem taxas menores de juros. Sobre as quais terá maiores informações também neste artigo:

Porém antes faremos uma comparação entre o cheque especial e o rotativo do cartão.

Vale mencionar que ano passado houve uma importante redução nos juros do cheque especial. É importante lembrar que a taxa de juros teve uma redução de 10,2% no último ano. Ou seja, com isso a taxa que era de 312,6% caiu para 302,5%.

Além disso, o Banco Central no final de Novembro impôs que as taxas de juros do cheque especial mensalmente não passe dos 08%.

Publicidade

Já na questão do rotativo do cartão houve um aumento de 33,5% nas taxas de juros, comparando o ano anterior que ficou em volta 285,4% porém o ano fechou com uma taxa de 318,9%.

No entanto esse aumento acabou fazendo com que os juros do rotativo seja um dos juros mais elevados dentre as modalidades que são oferecidas pelos bancos.

Já no que diz respeito ao pagamento mínimo da fatura de cartão de crédito, que é uma da opção de rotativo regular, teve no final do ano passado um aumento de 19,1%, sendo assim no ano anterior a taxa ficou por volta dos 268,0% e já no ano passado a taxa fechou com 287,1%

No entanto vale mencionar que as taxas de juros do rotativo não regular também sofreram um verdadeiro aumento.

Saiba que o rotativo não regular é quando você não efetua nem o pagamento mínimo da fatura.

No entanto no ano anterior a taxa fechou com 297,7% e no ano passado com uma taxa de 339,6% considerando taxas anuais.

Certamente essa base é calculada nas taxas no prazo curto de 12 meses.

Já em situações de parcelamento com juros no cartão de crédito houve também um aumento de 17,1% sendo que no ano anterior a taxa fechou com 158,9% e no ano passado com taxa de 176%.

No entanto o que fazer?

Mesmo que você esteja surpreso com esse aumento abusivo das taxas do rotativo, o cheque especial ainda não é uma boa opção.

Por mais que no momento o cheque especial esteja com juros bem menor do que o rotativo do cartão de crédito, entenda que nenhum dos dois vale tanto a pena assim.

Pois ainda sim existem outras opções mais baratas.

Uma outra opção é o PicPay, onde você pode efetuar o pagamento de boletos com seu cartão de crédito e tem a possibilidade de resgatar o saldo do seu limite do cartão para sua conta pessoal, certamente pelo procedimento a um cobrança de uma taxa de juros que chega a ser de 2,99% mensal.

Vale lembrar que no cheque especial a taxa mensal é de 08%.

Porém o parcelamento da fatura já na opção do rotativo faz o consumidor pagar uma taxa de juros que vai de 2,99% a até 9,99% ao mês, com diferença na quantidade de parcelas.

Certamente além do PicPay, existem alguns serviços que possuem uma taxa de juros pequena a ainda conseguem por hora resolver seus problemas financeiros.

Porém se no momento suas escolhas ficam entre o cheque especial e o rotativo do cartão, de preferência para o cheque especial.

Publicidade